sábado, 5 de maio de 2012

À ADUFF - ASSOCIAÇÃO DOS DOCENTES DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

No exercício do direito que me assiste como associado da ADUFF conclamo sua diretoria a emitir um comunicado à comunidade acadêmica, manifestando veemente repudio à concessão, pelo magnífico reitor CARLOS SALLES, do título de DOUTOR HONORIS CAUSA ao senhor Luis Inácio Lula da Silva. 
Os detentores da mais alta dignidade acadêmica da UFF, até então, foram assim distinguidos por terem, comprovadamente, prestado relevantes serviços à causa do ensino, seja no nobre exercício do magistério com reconhecida proficiência, seja na produção do saber, reconhecido como significativa contribuição à Ciência.
Não foi este o caso do senhor Luis Inácio Lula da Silva, que, durante os oito anos manteve a Universidade Pública brasileira como a última prioridade de seu governo, cujo maior signo foi a corrupção institucionalizada. 
Ademais, por suas atitudes e opiniões o senhor Lula sempre demonstrou desprezo pelo ensino e pela aprendizagem, cultuou a ignorância como uma virtude cívica e se referiu ao saber como um iníquo instrumento de dominação do povo pelas “elites”. 
Fernando Batalha Monteiro
Professor Adjunto (aposentado)
COMENTO:  não vejo a hora do malfeitor-mor ser agraciado com título de "canalhis causa" realmente merecido e concedidos pelas universidades Bangu I e II, Papuda, Catanduvas, Mossoró, Porto Velho e Campo Grande, com direito a estágio presencial em Regime Disciplinar Diferenciado.

Um comentário:

Anônimo disse...

Meu comentário é para apoiar com louvor a proposta do professor Fernando Batalha Monteiro e o comentário constante deste post.
Ouvi dizer que a revista Forbes listou o Sr Lula como possuidor hoje de um patrimônio de $ 2 bilhões. De onde ele retirou essa fortuna? Do mensalão? Além disso, seu filho Lulinha - o fenômeno - ficou milionário da noite para o dia. Pergunto: vocês conseguem angariar fortunas dessas ao longo de suas vidas?