quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Deputados do DF Aumentam a Própria Verba de Gabinete Para R$ 99,8 Mil


Fábio Rivas/CLDF
Foto
Reguffe: voz isolada
.
Os deputados distritais de Brasília (equivalentes aos deputados estaduais) aprovaram mais uma aumento da chamada "verba de gabinete", que saltou para R$ 99,8 mil. O valor da mesma verba, para deputados federais, é R$ 65 mil. O aumento foi aprovado por 13 votos a 1, sendo voto vencido o deputado José Antônio Reguffe (PDT). Os que votaram a favor alegam "recomposição salarial retroativo a 2006" e que não ultrapassaria o teto da lei de responsabilidade fiscal.
Entrevistamos o solitário deputado Reguffe:


Por que não foi a favor do aumento?
Defendo o oposto. Defendo a redução da verba de gabinete. Cada deputado distrital pode ter 23 assessores. Eu tenho nove e economizo mais de 53 mil reais por mês. Eles aumentaram uma verba de gabinete que já era maior do que a da Câmara Federal. Um deputado tem que ter uma boa verba de gabinete pra contratar uma assessoria técnica que lhe permita ter um mandato digno, mas não no montante que ela é. É um desperdício de dinheiro público.

O senhor teme alguma reação dos outros deputados?
Não. Eu estou fazendo a minha parte com o compromisso que eu assumi com os meus leitores e com a minha consciência.
Fonte: Coluna do Claudio Humberto - 20 Nov 08
COMENTO: Eis um nome a ser lembrado em eleições futuras, não só por essa atitude, mas por outras tentativas vãs de moralizar a "Casa do Espanto" de Brasília (OBS: "Casa do Espanto' por que espanta por seu custo-benefício, isto é, o alto gasto comparado à sua alta inutilidade). E os 90% de patifes existentes na Casa do Espanto têm a "cara de pau" de emitir, por rádio e televisão no Distrito Federal, propaganda vinculando a "economia" deles às melhorias sociais como extensão do metrô, reformas em escolas e outras. Nenhum deles lembra que foi com a tal "verba de gabinete" que o safado conhecido como "Tatico", hoje deputado federal por Goiás, pagava funcionários de seu supermercado, irregularidade nunca apurada pelos demais "para lamentares" do DF. E ainda tem quem vota nesses canalhas, reelegendo-os. Povinho de merda!!

Nenhum comentário: