terça-feira, 8 de julho de 2008

Rio: Onde Estão os Bilhões da Segurança?

.
Foram investidos R$ 562 milhões na segurança do Pan-Americano, valor que deveria mudar o setor no Rio de Janeiro, segundo o presidente Lula, o ministro Tarso Genro, o ministro Orlando Silva e o governador Sérgio Cabral. Era o compromisso assumido por esta turma que explodiu o orçamento de um evento que não deixou nada para a cidade, a não ser, como se pode ver nos últimos dias, concreto e sangue de inocentes espalhado nas ruas.
Cuidar do Pan, significa cuidar de segurança pública. É preciso parar de fugir da responsabilidade (da violência urbana). A culpa é um pouco de cada um de nós. Estamos tentando criar no Rio, um novo modelo de segurança pública. E a partir desta experiência, implantá-lo em outros estados”. - Lula, presidente da República.
O Brasil está assistindo a um novo modelo de segurança pública, que articula as ações de inclusão social dos governos e a eficiência das forças de segurança do País. Só assim, todos os cidadãos poderão viver em comunidade”. - Tarso Genro, ministro da Justiça.
“O Pan está sendo a oportunidade para o Brasil investir em várias áreas. Nós temos convicção que o Rio estará mais seguro e estamos felizes porque as forças de segurança no Rio de Janeiro, depois dos Jogos, estarão melhor organizadas e preparadas para enfrentar a violência” - Orlando Silva, ministro dos Esportes.
As viaturas que são entregues agora vão beneficiar o combate ao crime após o Pan. Hoje a policia perde tempo com a manutenção das viaturas. Atualmente, 41% da frota do Rio não tem condição de uso e dos 59% restante, a maioria funciona de forma precária”. - Sérgio Cabral, governador do Rio.
Hoje (ontem) o Brasil assistiu, revoltado, o choro desesperado de um pai que teve o filho de três anos assassinado por policiais, numa perseguição a bandidos. É o retrato de um governo incompetente que investe em automóveis para policiais correrem atrás de bandidos, sem dar o devido treinamento à tropa. Tarso Genro lançou com fogos de artifício o Programa Nacional de Segurança com Cidadania (Pronasci), exatamente no Rio de Janeiro, dando uma Bolsa Formação de R$ 1.400 para policiais.
“É de interesse do governo federal que o Rio de Janeiro recupere sua densidade como cidade republicana, democrática e segura. O Rio será o espelho do Pronasci e introduzirá as grandes políticas que serão realizadas no país nas 11 regiões metropolitanas que foram priorizadas” - Tarso Genro, ministro da Justiça.
Temos todo o direito de cobrar destes políticos irresponsáveis, verdadeiros culpados pela violência que continua arrebentando lares e famílias no Rio de Janeiro: onde estão os R$ 562 milhões do PAN? Onde estão os R$ 6,7 bilhões do Pronasci? É este menino morto nos braços da mãe o "espelho" da segurança pública do governo Lula?
Fonte: Coturno Noturno
E eu acrescento: e a engenheira "sumida", também faz parte das melhorias na segurança pública do Rio de Janeiro??
.

Nenhum comentário: